terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Moderação comentários

Os comentários, passam apartir de hoje, a ser moderados, pelo menos durante algum tempo. E todos os que não vierem assinados serão eliminados.

5 comentários:

David de Passos - RCSoft disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Decisão horrível!!!!!! O bom senso e respeito cabe a cada um e não à organização. Quem responde/fala em anónimo se simplesmente o fizer para ofender recebe o silêncio como resposta. A moderação de comentários tira a vivacidade do blog da liga como, infelizmente, aconteceu no ano passado.

Cumprimentos
Filipe Goucha

xano disse...

Eu acho que a moderação traz mais de bom do que de mau ao blog. Se a vivacidade do blog for igual àquela que tinhamos até à poucos dias então acho que ela é totalmente dispensável.

#20 Xano - Pai da Manada

Diogo disse...

Concordo com a moderação dos comentários!

Quem quiser armar confusão, ao menos que mostre a cara (nome)!

Diogo
#6 Cision

Anónimo disse...

É inacreditável! Será que isto também tem a ver com o castigo do Miguel?!...
Deu-se cabo de uma liga interessante com atitudes de "miúdos", leia-se sem qualquer intuito de insulto, estilo sou o "dono da bola".
De facto parece que uma equipa que ocupa o primeiro lugar sem derrotas estava a preocupar muita gente e um jogador que humildemente pediu desculpa por ter proferido um impropério contra um adversário que dignamente as aceitou bem como o capitão de equipa, parece não ter caído nas boas graças da organização, "dono da bola", e talvez até dentro de alguns elementos da própria equipa.
O Miguel arriscava-se a ser o melhor marcador e, porventura, o melhor da Liga. A sua equipa arriscava-se a ser campeã!... Arriscavam-se uns um e a outra, porque não acredito que o Miguel depois de um castigo perfeitamente a despropósito, volte a jogar na Liga. Como não acredito que da sua equipa não deixem também de jogar vários outros elementos!...
Assim, terá o "dono da bola" a possibilidade de, em jeito de birra, conseguir para si um título a que já não chegava, e alguns ditos "atletas" visto arredado da competição aquele que lhes fazia mais sombra.

Ninguém melhor do que George Orwell no livro "The animal farm" (O Triunfo dos Porcos) traduziu melhor uma situação semelhante, ao dizer:
"TODOS OS ANIMAIS SÃO IGUAIS", tendo depois sido acrescentado: "SÓ QUE ALGUNS SÃO MAIS IGUAIS DO QUE OUTROS".

Diverti-me a ver alguns jogos da Liga. Em alguns fui único espectador. Vi serem pressionadas equipas de arbitragem não apenas verbalmente, mas também fisicamente.
Vi serem apitados jogos de dentro para fora, ou seja, serem os próprios jogadores ou o "banco" a "mandar" os árbitros marcar as faltas. Não vi foi ninguém levantar a voz, nem escrever as ameaças que até no piso superior da bancada da Escola Martim de Freitas eram audíveis...

De facto todos são iguais, só que alguns são mais iguais do que outros!...

António Ribeiro