sábado, 19 de dezembro de 2009

10ª Jornada Grupo A: Cision Portugal 2 x 3 Mansturbinas FC

Cision:
Ricardo Pereira
1-Bruno Duarte
9-João Henriques
6-Diogo Rodrigues
8-Adriano Santos
7-Gonçalo Matos (F)
Nuno Moreira (F)
2-Antonio Silva (c)
Sergio Araujo

Manstrubinas:
Paulo Reis
8-Fábio Gomes
Nuni Ranito
Carlos Fernandes
Nuno Gomes
1-Gonçalo Rodrigues
2-Bruno Perdigão
3-Gonçalo Ferro
4-Paulo Gonçalves (c)
Jorge Santos
5-Ricardo Fonseca

Golos: 2 - Nuno Moreira (Cision) ; Paulo Reis (Mansturbinas), Fábio Gomes (Mansturbinas), Ricardo Fonseca (Mansturbinas)
Disciplina: 1 amarelo - Nuno Moreira (Cision) , 1 amarelo Bruno Perdigão (Mansturbinas), 1 vermelho directo Jorge Santos (Mansturbinas)
Melhores em campo para as equipas: Nuno Moreira (Cision), Gonçalo Rodrigues (Mansturbinas)
Melhor em campo para arbitragem: Gonçalo Rodrigues (Mansturbinas)

10 comentários:

António Silva disse...

Jogo de futsal muito intenso onde a exibição do GR dos Manstrubinas fez a diferença.
Da nossa parte entramos bem no jogo e conseguimos o 1-0 a meio da primeira parte. De seguida, a jogar com mais um elemento, tivemos uma ocasião soberana para fazer o 2-0 mas o GR fez uma boa defesa. Num lance de contra-ataque os Mansturbinas empatam e foi com esse resultado que se chega ao intervalo.
Na 2ª parte o jogo voltou a ser equilibrado com ocasiões de parte a parte. Sofremos um golo de canto e depois conseguimos ir para cima do adversário conseguindo o empate a 6 minutos do fim.
A partir daí fomos ambiciosos e tentamos partir para a vitória em lugar de jogar no erro do adversário e essa estratégia foi-nos fatal, visto num canto a nosso favor a 3 minutos do fim sofrermos o golo que deu a vitória ao adversário.
Daí até ao fim só fomos nós a atacar e ainda falhamos um penalti (bem assinalado) nos instantes finais do encontro cometido imaginem-se sobre o nosso GR, tal era o nosso desespero para empatar a partida.
Como palavra final, os Mansturbinas terão de rever a atitude de alguns dos seus jogadores para com os árbitros e para com os adversários; parece-me ser uma equipa constituida na generalidade por "bons rapazes" mas existem dois ou três elementos que destoam de forma negativa nessa componente.

António Silva disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
David de Passos - RCSoft disse...

Apaguei o ultimo comentario de um tal João Brandão. adepto de futsal, pois acho que não era um comentario mas um ataque pessoal a um elemento dos Cision.
Malta podem comentar sem ofender ok?

Gonçalo Ferro disse...

Muito bom jogo de futsal em que ambas as equipas estão de parabéns. A vitória podia ter caido para qualquer dos lados, e até o empate seria o resultado justo, mas a qualidade exibicional elevadissima do nosso guarda-redes fez toda a diferença durante o jogo. A emoção esteve ao rubro a seguir aos primeiros 15 minutos da 1ª parte, em que as equipas se estudaram e a partir dai foi um não parar de bom futebol. A arbitragem esteve uns furos abaixo da qualidade das equipas, a expulsão do nosso jogador por vermelho directo não é merecida, amarelo sim, já que as palavras proferidas não foram bonitas, mas deixar-nos 2 minutos com um jogador a menos por isso, foi interferir em muito com a partida. muitas dúvidas e hesitações, ok que ninguém ali é profissional, mas também não devemos ser tão sensiveis, até porque o nosso jogador, caiu e magou-se e foi no ataque logo a seguir, com a nossa equipa parada, que surgiu o 1º golo. novamente 5 vs 5 a combatividade, no bom sentido, sempre de alto nível, incerteza no resultado até ao último minuto, na nossa baliza tinhamos lá uma parede de betão. Uma palavra para a atitude dos nossos jogadores, é errado insultar e agredir seja em que momento for, nor entanto ter uma atitude de querer vencer, de festejar com o golo marcado mais ou menos exuberante, é claro que pode ser entendida pelos outros que "sofrem" com isso como algo para irritar, mas de todo é a verdade, é sim o espírito de querer ganhar e de entrar para vencer. Por fim penso que falo pela equipa, ao apresentar as nossas desculpas à equipa de arbitragem por termos entrado em campo após o penalty defendido e bola fora, já que entendemos todos que o jogo tinha acabado (há quased 2 minutos pelo cronómetro) mas quem manda é o arbitro.

Gonçalo Ferro

jorge santos disse...

gostaria de aproveitar este espaço para,com a maxima sinceridade e muito arrependimento, pedir desculpas pela minha atitude despropositada para com todos os intervinientes do jogo realizado entre os cision portugal e os mansturbinas.prometo que tal nao se voltara a repetir.

Anónimo disse...

Pedro Cruz - Cision

Pedir desculpas á equipa de arbitragem por entrarem dentro de campo? Pois o jogo ainda não estava terminado!!!
Que consequências teria se o árbitro tivesse usado as regras? è que depois do penalty ainda se jogou cerca de 30 segundos. Penso que foi um erro grave da equipa de arbitragem.
Quanto ao resto penso que os árbitros quase sempre estiveram bem.

fagsantos disse...

Estive a ver o jogo no pavilhão e tirando alguns erros básicos (foras, faltas, cantos, ...) nas decisões mais importantes penso que os árbitros estiveram bem. A expulsão foi justa (o jogador excedeu-se em demasia) e o penalti é bem assinalado (carrinho às pernas/bola dentro da área).

Apesar de tudo penso que a organização deveria ter mais atenção às equipas de arbitragem que são escolhidas para os jogos mais importantes. Infelizmente na conferência da arbitragem as equipas que compareceram seriam as que menos precisavam de "ajuda", pelo que sugeria que as equipas que não estiveram presentes que se informassem junto da organização! Há regras básicas que não estão a ser cumpridas!!!

Bom Natal a todos!

#7 Filipe Santos (PdM)

Anónimo disse...

Em nome pessoal e como treinador da equipa Team Pentágono, equipa designada para arbitrar o jogo entre Cision X Masturbinas, gostaria de dizer que ninguém nesta Liga está acima de ninguém e que julgar os dois elementos de arbitragem que se deslocaram ao Pavilhão D. Dinis não é a melhor forma para melhorarem a sua arbitragem.
De salientar que nenhum dos elementos da equipa Team Pentágono é federado e que esta é a primeira vez que este grupo de amigos entra numa “competição”, como será de imaginar existem muitas dúvidas em relação às regras de jogo, e não é fácil dirigir um jogo com a intensidade que este jogo apresentou.
Para esclarecer ainda os erros próprios de uma equipa de arbitragem amadora, um dos elementos leva quatro jogos a apitar (João Loureiro), o outro (Carlos Ventura) foi a primeira vez que apitou, nunca antes desta experiência anteriormente descrita, os elementos de arbitragem tinham apitado qualquer jogo.
Podem dizer que existem equipas mais preparadas para apitar do que outras, concerteza será verdade, porque muitos dos seus elementos conhecem, praticam e são federados na modalidade, de estranhar seria se assim não fosse.
Estive presente no pavilhão apreciei o jogo, bem disputado e de forma geral bem apitado.
Quanto à organização deveria pensar em nomear equipas de arbitragem com mais experiência para este tipo de jogos, já que se tratava de uma luta directa entre duas equipas separadas por um ponto e a disputar a 3ª posição.
Quanto à conferência sobre arbitragem já tive oportunidade de comentar que a equipa Team Pentágono não esteve presente porque tinha um jogo marcado para esse dia, no entanto tivemos a preocupação de ler o powerpoint que foi gentilmente cedido no blogue.
Em nome do Team Pentágono gostaria de pedir um pouco mais de paciência para com os árbitros, já que eu também caí na armadilha de questionar um árbitro (Equipa Buba Juniores) sobre a decisão que estava a tomar e acabei expulso encontrando-me actualmente a cumprir um castigo de cinco jogos.

Francisco Oliveira (treinador Team Pentágono)

Nuno disse...

A arbitragem até esteve bem, dadas as circunstâncias (os árbitros serem amadores, e ser um jogo "a doer"); nada a dizer em relação à expulsão, ou mesmo o penalti. Só 2 pontos:
o António fala, e bem, de algumas "atitudes" menos bonitas por parte de alguns jogadores dos Mansturbinas, mas devia também olhar para dentro de casa, pois alguns dos seus colegas, não poucas vezes, tentaram enganar os árbitros com mergulhos, alguns deles com complemento sonoro. E os Cision não são a primeira equipa a usar este esquema.
O segundo ponto refere-se à arbitragem, mais concretamente aos relógios. Eu não percebo nada de leis do futsal, mas parece-me que os relógios da mesa e do árbitro deviam estar coordenados, o que não aconteceu. Isto provocou, por exemplo, a entrada de um jogador antes dos 2 minutos de suspensão pela expulsão (ordem da mesa). Deste modo, é impossível aos treinadores gerirem o tempo de jogo, pois não sabem quanto tempo falta... também a questão das faltas assinaladas, estas têm que ser comunicadas à mesa, de forma perceptível para as duas equipas (quando o jogo pára)? É que isso também não aconteceu...