sábado, 7 de março de 2009

16ªjornada: Cision Portugal 1 x 0 Pai da Manada

Cision Portugal:
5-Sérgio Araújo(c)
Tiago Gomes
8-Adriano Santos
6-Diogo Rodrigues
10-David Silva
3-Nuno Moreira
7-Ricardo Pereira
1-Hugo Loureiro
2-António Silva

Pai da Manada:
10-Mário Pinto
20-Xano
30-Jorge Costa(c)
7-Filipe Santos
5-Daniel Campos
50-Pedro Pissarra
1-Sérgio Santos
13-David Anacleto
Treinador: Nuno Clamote

Golos: Ricardo Pereira(Cision Portugal)
Disciplina: Nada assinalar
Melhores jogadores em campo para as equipas: Ricardo Pereira(Cision Portugal); Pedro Pissarra(Pai da Manada).
Melhor jogador para a arbitragem: Ricardo Pereira(Cision Portugal)

6 comentários:

Nesto disse...

Eh lá, parece que em todas as jornadas tem de acontecer uma surpresa! Ou estarei a ser injusto para com os Cision?

Ricardo Goucha disse...

Mais ou menos... Os Cision é uma equipa com bons jogadores e boa organização...
Num dia bom é difícil vencer-lhes.

António Silva disse...

Durante o fim-de-semana meti um comentário neste post e ainda não foi validado. Houve algum problema?

Rui Pedro disse...

Ou esqueceu-se de assinar(rejeitei um que não vinha assinado), ou entao não recebi. Os que estão aqui foram os unicos que recebi.

António Silva disse...

Vou tentar recriar o meu comentário de sábado. Pelos vistos fiz asneira durante a inserção do anterior :(

Foi sem dúvida o nosso melhor jogo do Torneio a nível defensivo. Os Pai da Manada tiveram apenas uma situação de 1 para 1 com o nosso GR durante todo o jogo, de resto só conseguiram chegar à nossa baliza com remates de longe.
Quanto a nós, tivemos 4 ou 5 situações claras de um para um, conseguindo converter uma em contra-ataque, e ainda mandámos duas bolas ao poste.

Queria agradecer ao nosso treinador - Paulo Costa, e ao João Nélson dos Pai da Manada por terem arbitrado o jogo (na ausência da equipa de arbitragem destacada Under 41). Sei que foi uma situação complicada para eles mas acho que na generalidade estiveram bem, sem influência no resultado. Destaco apenas três lances:
- Cartão amarelo por mostrar a um jogador dos PM por rasteirar o Diogo quando a bola já tinha passado. Até ficou com um buraco na perna :) ficando largos minutos sem poder jogar.
- O Pissarra queixa-se de um penalti sobre ele. A dificuldade neste lance é que a bola estava a alguns metros de onde se dá a queda e acredito que os árbitros não tenham conseguido ajuizar porque estavam a seguir a trajectória da bola.
- Por último, a situação mais polémica surgiu com "nosso" árbitro a assinalar o fim do jogo num lance de ataque dos PM. A meu ver, o árbitro esteve bem porque acabando o tempo de jogo deve ser dado o apito para o final do mesmo; pelo menos é isso que eu tenho feito sempre que vou arbitrar. De todos modos, o lance em questão acabou com um remate ao lado pelo Jorge Costa, portanto não teria influência no resultado.

Finalmente um destaque para o Ricardo, que marcou o seu primeiro golo no Torneio; sendo um golo que nos dá três pontos contra uma equipa muito aguerrida que na teoria pela seu lugar na tabela seria superior.

Hugo Loureiro disse...

Concordo plenamente com as palavras do António, estivemos muito bem tacticamente só assim conseguimos anular as acções ofensivas dos Pai da Manada, uma equipa muito forte e compacta na sua formação. Deixar aqui uma palavra de apreço aos meus colegas pela forma como "lutaram" pela vitória, havia de ser sempre assim ;)
Cumprimentos
#1 Loureiro