terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Decisões do Conselho de Disciplina

"Relativamente ao caso do jogador Hugo Morais, no final do jogo, houve um comentário que justifica a plena aplicação do castigo. O jogador em causa no final do jogo disse que quando fosse apitar a equipa dos árbitros, iria a prejudicar. É motivo mais do que suficiente para que o jogador em causa seja castigado. Entende este órgão que, não havendo ´no art. 8º do Reg do Conselho de Disciplina, nenhuma penalização para o facto, surge uma analogia relativa ao incitamento à violência, cabendo a aplicação de 2 jogos de castigo."

"No caso do jogador André Freitas, o relatório do árbitro não menciona nenhuma agressão, considerando que existe uma conduta incorreta do jogador em causa para ver o cartão amarelo para limpar cartões. A conduta incorreta do jogador foi praticada sem bola e sem por em risco a integridade do adversário. Não havendo disposição legal, no Regulamento do Conselho de Disciplina, equipara-se por analogia o disposto para prática de força excessiva com adversário na disputa de bola, punida com 2 jogos, agravando-se em mais 1 jogo pelo facto de ter sido praticado sem bola, num total de 3 jogos de castigo."

3 comentários:

vlgomes disse...

Estes 2 castigos vão criar precedência para muitos casos, parece-me.
Sou da opinião que talvez os castigos sejam um pouco excessivos, mas se se aplicar estas regras daqui para a frente...

Cumprimentos,

Vasco Gomes
Troika

fagsantos disse...

Mais uma vez digo... vergonha nos 2 casos!

Tenho vergonha do castigo que foi aplicado ao Hugo. Se formos a castigar por todas as palavras que ofendem os árbitros, a maioria das equipas não tinha jogadores para jogar. Como eu disse, temos de ter bom senso e neste caso foi apenas mais uma queixa (a 3ª vez) da mesma equipa contra jogadores da minha... equipa que está a lutar pelas mesmas posições na liga... não acham isto estranho? Os meus jogadores foram sempre castigados... provas?? Nenhumas, apenas as palavras dos árbitros!!
Sinceramente, não entendo! Se nos querem mandar abaixo... estão a conseguir!

Quanto ao castigo do André (não tenho nada contra ele!!), acho que afinal quem esteve mal foram os árbitros ou o que "cozinharam" no relatório. O jogador foi expulso porque deu (ou tentou dar) um pontapé num jogador da minha equipa, não foi nenhum acto de limpar cartões nem falta de fair-play. Vamos medir a força com que foi dado? Sim, foi com pouca força e merece apenas 3 jogos! Decisão controversa, mas quero ver o que se vai passar daqui para a frente!

Só digo mais uma coisa: estou com vergonha de tudo isto!

Sem mais,
Filipe Santos
FCRasgatanga

fagsantos disse...

Volto a reforçar, e aqui se vê como o Conselho de Disciplina actua, "O jogador em causa no final do jogo disse que quando fosse apitar a equipa dos árbitros, iria a prejudicar.". Mas quem disse isto? Quem ouviu isto? Provas?

Eu também posso escrever num relatório que o jogador A ou B disse que eu era feio, fiquei ofendido e quero um castigo???
Alguém no seu perfeito juízo vai arbitrar com intenção de prejudicar uma equipa?? Bem, com relatórios assim não necessitam prejudicar em campo... basta escrever no final do jogo, no quentinho do lar...
E já repararam com quem vamos jogar na próxima semana? Curioso, não é?

É pá... nem digo mais nada, isto está a enervar-me em demasia...

Filipe Santos
FCRasgatanga