sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Acórdão do Conselho de Disciplina - Jogo FFC/Rendisphera x Amigos do Caçado

No seguimento do jogo FFC/Rendisphera x Amigos do Caçado, vem o Conselho de Disciplina deliberar os seguintes castigos:

ATLETA NUNO BARATA (FFC/Rendisphera) – 1 jogo de suspensão por invadir terreno de jogo sem estar inscrito na ficha de jogo. Não fica provada qualquer agressão.

ATLETA ANDRÉ SIMÕES (FFC/Rendisphera) – 12 jogos de suspensão por agressão em adversário com a respectiva punição por reincidência.

EQUIPA FFC/RENDISPHERA – Pena suspensa de subtracção de 5 pontos válida até final da época 2015/2016 em caso de agressões e comportamento violento.

EQUIPA AMIGOS CAÇADO – Pena suspensa de subtracção de 5 pontos válida até final da época 2015/2016 em caso de agressões e comportamento violento.

ATLETA NUNO CORREIA (Amigos do Caçado) – 10 jogos de suspensão por agressão a adversário.

5 comentários:

Filipe Arnaut disse...

Quais os critérios aplicados?!?
O atleta Nuno Correia (Amigos do Caçado) apanha 10 jogos de suspensão como?!? O atleta em causa que foi violentamente agredido (com murros na cara, peito e costas) quando APENAS estava a separar alguns atletas envolvidos no lance em questão, com que justificação apanha 10 jogos de suspensão ainda por cima quando não é reincidente nem nunca teve qualquer tipo de problemas nesta liga??
Ainda para mais quando o agressor dele, que já é reincidente apanha apenas dois jogos a mais que ele?!? Já para não falar do atleta que se dirigiu da bancada (nem inscrito estava) propositadamente para agredir outro atleta dos Amigos do Caçado (chapada na cara) apenas apanha 1 jogo por violacão do espaço?!?
Para bem da verdade desportiva e da transparência da organização da Liga, Gostaria que fossem explicados que critérios foram usados para a aplicação das penas!!!

Quanto à pena suspensa aplicada a ambas as equipas (perda de 5 pontos), não vou sequer questionar a justiça da mesma pois para mim não existe visto que equipa agressora e a equipa agredida recebem exactamente a mesma pena!! Mas além disto, podemos verificar que na jornada seguinte a esta em questão, um jogador da equipa Rendisphera foi expulso e suspenso por 10 jogos, tal pena só pode ser por agressão (mais uma), o que significa, e tendo em conta que numa pena suspensa os efeitos entram em vigor desde a data que fez com que ela fosse aplicada, deve neste caso usar-se a retroactividade da sanção em questão e a equipa deverá perder imediatamente os 5 pontos em questão, pois além de já serem reincidentes mostram enorme regularidade neste tipo de atitudes!!
Sem mais a acrescentar agradeço os esclarecimentos!!

Anónimo disse...

Boa tarde, uma crítica muito construtiva e acima de tudo racional. Isto é uma liga amadora, de Futsal, eu sei que em todos os desporto existem momentos mais quentes, existem bocas, faltas menos corretas e até empurrões. Mas agressões? Não se trata de um lance com bola, nada tem a haver com bola, é completamente ridículo e escusado, não é normal nem no desporto nem em qualquer outro lado, aliás uma agressão física trata se de uma ofensa a integridade física simples, isso é crime, repito crime e nem o relatório dos árbitros, os argumentos de qualquer equipa ou qualquer regra ou decisão do conselho do que quer que seja retira isso. Onde quero chegar é esta liga tem todo o potencial para ser na verdade desportiva, e deixar de uma vezes por todas de alinhar com agressões. Alinhar porque? Vejamos eu sei que todas as pessoas têm o seu temperamento, mas não é por isso que são desculpadas pelos actos, nem que a lei não os abranja, até posso concordar que haja uma oportunidade extra em que num jogo um jogador agrida e leve uma suspensão de x jogos (acho que deveriam ser mais que 10), mas quem o faz duas vezes, três vezes, ainda continua aqui? Isso é compactuar com a violência, com o crime. Ninguém, alias suponho eu, que ninguém na liga queira que haja momentos violentos por parte de quem quer que seja, ninguém quer isso, porque não irradiar isso da liga? Porque não punir verdadeiramente esses atos? Acho completamente irracional uma coisa destas e ainda haver jogos em que a polícia tenha que ser chamada, em que haja pessoas na bancada que ainda venham juntar se a festa. Deviam repensar em tudo isso, eu sei que o conselho ou o que seja não vê os lances e que cada equipa escreve aquilo que lhe convém, e os árbitros (incompreensivelmente também não sabem ser sinceros). Toco aqui noutro ponto importante, os árbitros, uns dos principais culpados por estas situações, numa agressão vista pelos árbitros é muito simples acaba se o jogo tomam nota do nome do agressor e a equipa e o agressor são punidos com derrota e a suspensão do jogador e volto a referir se for reincidente, devia ser expulso, não há espaço para andar a compactuar com crimes numa liga amadora, só se vocês se revêm nisso. Está tudo a descambar, não há mão na situação, são cobertas e esquecidas ações, depois vai ao conselho e manda suspensões aleatórias, suspendem o agressor e quem foi agredido com os mesmos jogos. E por fim , como e que se castiga um jogador (que Nem inscrito estava) que salta da bancada que agride outro com 1 jogo??? Como e que se castiga um jogador que foi agredido aos murros e nada fez a nenhum jogador da equipa contrária? Nem sequer amarelo levou no jogo, de onde vem esta suspensão? Alguém me explica como isto é possível? Somos todos racionais certo?
Deviam rever as regras, e de uma vez por todas irradiar a violência da liga, e isso só se consegue com punições severas, como irradiar quem pratica essas agressões que não existem qualquer desculpa para a sua existência, nem aqui nem noutro lado na vida de uma pessoa racional. Não estou a mandar indiretas para nenhum jogador em particular nem chamar irracional a ninguém acho que todos concordam que não é normal e que tem de existir mao pesada na justiça nestes lances, que nada tem a haver com futsal, desporto.
Não estou a dizer isto para ser aplicado ao jogador x ou a equipa x, é a todos os jogadores a todas as equipas, tem de reinar o bom senso, a racionalidade, a verdade e acima de tudo o desporto, o futsal com faltas sim com momentos mais quentes, com disputa sim, mas sem agressões sem cotevoladas, sem murros, sem pontapés sem bola. posso ser de uma equipa mas se fosse o agressor da minha equipa acreditem que não o iria defender nem inventar histórias nem desculpas para não ser punido, porque a violência não devia ter lugar nesta liga nem em lado nenhum, ninguém devia compactuar com isso.

Filipe Arnaut disse...

Totalmente de acordo!! Aliás no mesmo dia aconselhei o atleta agredido dos amigos do caçado a apresentar uma queixa formal contra uma ofensa à integridade física!!
Como muito bem disse, é um acto punido por lei!!

David de Passos disse...

Malta assinem os comentários qdnse dirigem a algum jogador ou equipa senão não os aceitamos

fagsantos disse...

Bom dia.

Não tenho nada a ver com isto, nem sei o que se passou nem muito menos conheço o envolvido neste caso, mas...
"sábado, 3 de outubro de 2015
Castigos
ANDRÉ SIMÕES - 11 Jogos de Suspensão por agredir sobre adversário (pena enquadrada na agressão a um adversário e agravada por ser reincidente)"

e agora

ATLETA ANDRÉ SIMÕES (FFC/Rendisphera) – 12 jogos de suspensão por agressão em adversário com a respectiva punição por reincidência.

Então mas este jogador está sempre castigado por agressões? Não acham que se deveria actuar de outra forma nestes casos? Pensem nisso para o regulamento, sff. Na minha opinião, a reincidência numa liga amadora deste tipo de casos nem sequer deveria existir. Já houve jogadores irradiados por muito menos.

Abraço e mais Fair Play, sff!
Ah, e Bom Natal!
Filipe